O QUE É TEOLOGIA? Definição de Teologia O termo “teologia”, etimologicamente, é um vocábulo composto de duas palavras gregas – T...

O QUE É TEOLOGIA? DEFINIÇÕES DE GRANDES TEÓLOGOS

O QUE É TEOLOGIA?


o que é teologia

Definição de Teologia

O termo “teologia”, etimologicamente, é um vocábulo composto de duas palavras gregas – Theós, ‘Deus’, e logos, ‘discurso’ ou ‘expressão’, ‘palavra’.

 Tanto Cristo, a Palavra Viva, quanto a Bíblia, a Palavra Escrita, são Logos de Deus. Eles são para Deus o que a expressão é para o pensamento e o que o discurso é para a razão. O que é Teologia? Teologia é o discurso sobre um assunto específico, a saber, Deus. Deus é o "objeto" supremo de estudo da teologia.

Embora não encontrada[1] nas Escrituras Sagradas, a palavra teologia, o composto de duas palavras bíblicas familiares, é escriturística no seu caráter.


  • Em Rm 3.2 aparecem as palavras ‘os oráculos de Deus’;

  • Em 1Pe 4.11 surgem as palavras ‘oráculos de Deus’;

  • E em Lc 8.21 encontramos a frase ‘a Palavra de Deus’

Várias Definições de Teologia Sistemática Feitas por Teólogos

Dr. W. Lindsay Alexander explica o que é Teologia, valendo-se da seguinte afirmação:
 A ciência de Deus... um sumário da verdade religiosa organizada cientificamente, ou como um digesto filosófico de todo conhecimento religioso.
Dr. W. H. Griffith Thomas responde ao que é Teologia, fazendo a declaração que segue: 
Ciência é a expressão técnica das leis da natureza; teologia é a expressão técnica da revelação de Deus. É a área da teologia que examina todos os fatos espirituais da revelação, que estima o valor deles, e que os dispõe num corpo de ensino. A doutrina, dessa forma, corresponde às generalizações da ciência.
Dr. W. G. T. Shedd define assim o que é teologia:
uma ciência que está preocupada tanto com o infinito quanto com o finito, tanto com Deus quanto com o universo. O material, portanto, que ela inclui é mais vasto do que o de qualquer outra ciência. Ela é também a mais necessária de todas as ciências.
Lewis Sperry Chafer[2] escreve as seguintes palavras sobre o que é Teologia: 
a coleta, cientificamente organizada, comparada e defendida de todos os fatos e de toda e qualquer fonte a respeito de Deus e de Suas obras. Ela é também chamada dogmática porque segue uma forma de tese humanamente legada e apresenta e verifica a verdade como verdade.
Augustus Hopkins Strong[3], para o questionamento, o que é Teologia, responde:

é a ciência de Deus e das relações entre Deus e o universo.
Wayne Grudem[4] ao falar o que é Teologia Sistemática diz que é


Qualquer estudo que responda à pergunta ‘O que a Bíblia como um todo nos ensina hoje?’ Acerca de qualquer tópico.
Alister E. McGrath responde o que é Teologia como exposto:

Teologia como discursar sobre Deus, mais ou menos da mesma forma que a “biolgia” é discursar sobre a vida. A teologia representa a reflexão a respeito de Deus a quem os cristãos louvam e adoram[5].
Charles Hodge[6] afirma o que é Teologia como abaixo:
a função da (Teologia Sistemática) é tomar esses fatos (os revelados nas Escrituras), determinar sua relação entre si e com as outras verdades cognatas, bem como vindicá-las e mostrar sua harmonia e consistência.

O QUE É TEOLOGIA: DEFINIÇÃO CLÁSSICA

A definição clássica de teologia foi sugerida no século XI, por Anselmo. Segundo ele, é a “fé em busca de conhecimento” – uma fé inquiridora, em busca de respostas[7].

Agostinho[8] denota a teologia como “uma discussão racional a respeito da divindade”.

O que é Teologia segundo o teólogo A. B. Langston[9]:

um estudo acerca de Deus, baseado na experiência do homem com Deus e na revelação divina.
O que é Teologia nas palavras de Archibald Alexander Hodge[10]:
Como o dá a entender o seu nome, Teologia Sistemática tem por fim reunir tudo quanto as Escrituras ensinam sobre o que devemos crer e fazer, e apresentar todos dos elementos desse ensino na forma de um sistema simétrico. A mente humana procura sempre unidade, em todos os seus conhecimentos. A verdade de Deus é una, e o conteúdo inteiro de todas as revelações naturais e sobrenaturais não pode deixar de constituir um só sistema completo em si, cada parte do qual se acha relacionada organicamente com todas as outras partes.

O que é Teologia de acordo com a definição de Millard J. Erickson:
a teologia é o estudo de Deus. Ou seja, o estudo, a análise e a declaração cuidadosa e sistemática da doutrina cristã[11].
O que é Teologia nas palavras de Stanley J. Grenz & Roger E. Olson:
Teologia cristã é refletir sobre a vida e as crenças centradas em Deus, que os cristãos compartilham como seguidores de Jesus Cristo, e articulá-las, com o propósito de glorificar a Deus em tudo que os cristãos são e fazem[12].
Henry Clarence Thiessen responde a questão o que é teologia explicando que o termo “teologia” é usado hoje em um sentido restrito e também em um amplo:
No sentido mais restrito a teologia pode ser definida como sendo a doutrina de Deus. Mas no sentido mais amplo e mais comum, o termo vem a significar todas as doutrinas cristãs, não apenas a doutrina específica de Deus, mas também as doutrinas que se referem às relações que Deus mantém com o universo. Ou seja, é a ciência de Deus e Suas relações com o universo[13].
O que é Teologia segundo Louis Berkhof? Baseado na verdade de que as obras dogmáticas de teologia sistemática geralmente começam com a Doutrina de Deus, Berkhof afirma:

Há boas razões para isso, se partirmos que a Teologia é o conhecimento sistematizado de Deus de Quem, por meio de Quem, e para Quem são todas as coisas[14].
O que é Teologia nas sábias palavras de B. B. Warfield:
A teologia é a ciência de Deus e do Seu relacionamento com o homem e o mundo”. Com maiores detalhes, a teologia pode ser definida como a disciplina que (1) apresenta uma formulação unificada da verdade a respeito de Deus e Seu relacionamento com a humanidade e o universo conforme a revelação divina os expõe, e que (2) aplica tais verdades a todo o aspecto da vida e do pensamento humanos. A teologia sistemática, portanto, começa com a revelação divina na sua totalidade, aplica a mente iluminada pelo Espírito Santo para compreender a revelação, extrai os ensinamentos das Escrituras através de uma exegese histórico-gramatical, respeita provisoriamente o desenvolvimento da doutrina na Igreja, coloca os resultados em ordem num conjunto coerente, e aplica os resultados a todo campo do esforço humano[15].
O que é Teologia para o grande teólogo Hermann Bavinck:
Teologia é a ciência que extrai o conhecimento de Deus De sua revelação, que estuda e pensa sobre ela sob a orientação do Espírito Santo, e então tenta descrevê-la de forma a honrar a Deus. E um Teólogo, um verdadeiro Teólogo, é aquele que fala de Deus, através de Deus e sobre Deus e sempre no intuito de Glorificar o seu nome.

Usos Gerais da Palavra Teologia

Existem alguns significados restritos em que o termo ‘teologia’ é usado. E estes significados podem ser visto quanto:
  1. Expoente;
  2. Fonte;
  3. Lugar; 
  4. Conteúdo
  5. Método.
Quanto ao expoente, o nome do indivíduo é associado com o termo, como Teologia Agostiniana, Teologia Calvinista, Teologia Luterana, Teologia Arminiana, Teologia Bultmanniana e Teologia Paulina.

Quando a fonte do seu material está em foco, empregam-se alguns termos específicos, como Teologia Revelada, Teologia Natural, Teologia Católica e Teologia Protestante.

A teologia pode ser classificada pelo lugar da sua origem, como Teologia de Genebra, Teologia de Dallas, Teologia de Harvard e Teologia de Oxford.

Classifica-se a teologia quanto a conteúdo que está em foco, como Teologia Bíblica, Teologia Histórica, Teologia Prática ou Teologia Pastoral.

De maneira semelhante, várias teologias podem ser classificadas pelo método que elas empregam como Teologia Dogmática, Teologia Exegética, Teologia Apologética, Teologia Racional e como Teologia Sistemática.

Classificação Geral da Teologia

O vasto campo da Teologia é normalmente dividido ou classificado em muitos departamentos. Indicaremos brevemente a natureza e conteúdo de doze de cada uma dessas partes.

1. O que é Teologia Natural

Designa uma ciência que é baseada somente naqueles fatos concernentes a Deus e Seu universo que estão revelados na natureza (cf. Sl 19; Rm 1)

2. O que é Teologia Revelada

Este termo designa uma ciência que está baseada somente naqueles fatos concernentes a Deus e Seu universo que estão revelados nas Escrituras da verdade.

3. O que é Teologia Bíblica

Traça o progresso da verdade através dos diversos livros da Bíblia, e descreve a maneira de cada escritor apresentar as doutrinas importantes.

Por exemplo: segundo este método ao estudar a doutrina da expiação estudar-se-á a maneira como determinado assunto foi tratado nas diversas seções da Bíblia – no livro de Atos, nas Epístolas, e no Apocalipse. Ou verificar-se-ia o que Cristo, Paulo, Pedro ou João disseram acerca do assunto. Ou descobrir-se-ia o que cada livro ou seção das Escrituras ensinou concernente às doutrinas de Deus, de Cristo, da expiação, da salvação e de outras.

É propriamente a Palavra de Deus que constitui o conteúdo da teologia. Só há teologia porque Deus se revelou. E esta revelação está na Bíblia Sagrada.

4. O que é Teologia Propriamente Dita – Teontologia

Este termo designa uma ciência limitada que contempla somente a pessoa de Deus – Pai, Filho e Espírito Santo, e sem referências às obras de cada uma delas.

5. O que é Teologia Dogmática

Verdade teológica sustentada com certeza.

Este departamento da teologia quer designar o estudo e a sistematização do conteúdo dos credos, dos símbolos e das confissões de fé que o cristianismo tem produzido em diversos momentos de sua história. O estudo desta matéria servirá para nos ajudar a alcançar uma compreensão madura e talvez mais humilde de nossas formulações atuais. Todo o saber é perfectível, e o estudo dos dogmas do passado servirá para o enriquecimento de nossa compreensão atual das doutrinas da fé, evitando erros e confirmando os acertos.

O Dr. Strong afirma que “O dogmatismo estimula os resultados inevitáveis. Contudo, dogmatismo não deriva de “dog”, como jovialmente sugere Douglas Jerrold quando diz que ‘o dogmatismo é o caninismo na plenitude do seu desenvolvimento’, mas de ‘penso’, ‘opino’.

A Teologia Dogmática tem dois princípios:

(1) A autoridade absoluta dos credos, nas decisões da Igreja;

(2) A aplicação de tais credos da lógica formal com o propósito de demonstrar a sua verdade, visando ao entendimento”.

6. O que é Teologia Especulativa

Verdade teológica sustentada no abstrato e à parte de sua importância prática.

7. O que é Teologia Histórica

Uma ciência que traça o desenvolvimento histórico da doutrina e está preocupada, também, com as variações sectárias distintas e com os desvios heréticos da verdade bíblica que têm aparecido durante a era cristã.

8. O que é Teologia do Antigo Testamento

Assim designada porque ela é restrita à porção da Escritura indicada.

9. O que é Teologia do Novo Testamento

Assim designada porque ela é restrita à porção da Escritura indicada.

10. O que é Teologia Paulina, Petrina, Joanina

Elas são designadas assim porque são restritas aos escritores das pessoas indicadas.

11. O que é Teologia Prática

Diz respeito à aplicação da verdade aos corações dos homens.

Paulo não expôs a doutrina apenas para informar seus leitores, de modo que tivessem mais dados. Antes, ele pretendia que a doutrina exposta fosse aplicada a vida cotidiana.

Sem dúvidas que a teologia prática está intimamente ligada a teologia sistemática. Quando degustamos as verdades sistemáticas da Palavra de Deus, não podemos ficar sem uma atitude para com elas. Mas a prática correta será uma consequência de uma teoria correta.

12. O que é Teologia Filosófica

Estudo de tópicos teológicos em grande parte sem o uso da Bíblia, mas mediante o emprego dos instrumentos e métodos do raciocínio filosófico e do que se pode conhecer acerca de Deus a partir da observação do universo.

O estudo filosófico ajuda-nos a entender formas corretas ou erradas de pensamentos comuns em nossa cultura e em outras.

14. O que é Teologia Contemporânea

É o estudo analítico-crítico das manifestações teológicas surgidas após a Reforma e, em geral, contrárias ao sistema dela.

Isto não significa que a Teologia Contemporânea tenha com escopo, por exemplo, o Catolicismo: não, ela estuda com evidente maior ênfase a “Teologia Protestante” proveniente da Reforma, especialmente, aqueles teólogos e/ou movimentos que seguiram caminhos contrários – ainda que parcialmente – ao pensamento e ao espírito da Reforma, exercendo uma influência decisiva no desenvolvimento teológico, quer “ortodoxo”, quer não[16].

13. O que é Teologia Apologética

Este aspecto da teologia fornece uma defesa da veracidade da fé cristã com o propósito de converter os incrédulos.

Este aspecto ajuda-nos a aplicar os ensinos das Escrituras contra as objeções levantadas pelos incrédulos.

15. O que é Teologia Sistemática

Ela não examina cada livro da Bíblia separadamente, mas procura juntar em um todo coerente o que toda a Escritura afirma sobre dado tópico, tal como o pecado do homem.

A Teologia Sistemática pode ser distinta da Teologia Natural no sentido em que esta última retira o seu material somente da natureza; é distinta da Teologia Bíblica no sentido que esta última retira o seu material somente da Bíblia; é distinta da Teontologia no sentido em que esta última é restrita à consideração da Pessoa de Deus, e exclui as Suas obras.

Enfim, a Teologia Sistemática visa agrupar de toda fonte possíveis, como as anteriores, dados que catalogados são tratados sistematicamente.

A Natureza da Teologia

A essência e substância da teologia é tanto restrita quanto ampla. 

É restrita por ser o estudo de Deus ou a doutrina de Deus. Mas no sentido mais amplo e mais comum, a natureza da teologia, vem a significar todas as doutrinas cristãs, não apenas a doutrina específica de Deus, mas também as doutrinas que se referem às relações que Deus mantém com o universo que Ele criou. Neste sentido amplo, define-se a essência da teologia, com a ciência, tratado ou estudo de Deus e Suas relações para com o universo criado.

Cristãos que estudam e escrevem sobre teologia tendem a subdividir sua investigação em várias crenças básicas ou tópicos interligados. Vejamos:


Assunto: O Ser de Deus
Matéria:Teontologia

Assunto: As Escrituras, uma revelação de Deus
Matéria: Bibliologia

Assunto: A humanidade e o universo criado
Matéria: Antropologia

Assunto: O Senhor Jesus Cristo e a salvação que Ele trouxe
Matéria: Cristologia

Assunto: O Espírito Santo e as Suas obras em nós e no mundo
Matéria: Pneumatologia

Assunto: A Igreja como a comunhão de discípulos de Cristo
Matéria: Eclesiologia

Assunto: Os anjos: os anjos bons e os anjos caídos
Matéria: Angelologia

Assunto: O Pecado e a depravação humana
Matéria: Hamartiologia

Assunto: A salvação do homem por meio de Cristo
Matéria: Soteriologia

Assunto: A Doutrina das Últimas Coisas 

Matéria: Escatologia

TEOLOGIA COMO ESTUDO DA DOUTRINA

A doutrina cristã é apenas a declaração das crenças mais fundamentais do cristão: crenças sobre a natureza de Deus; sobre nós, que somos Suas criaturas; e sobre o que Deus fez para nos trazer à comunhão com Ele. Longe de serem áridas ou abstratas, são a espécie mais importante de verdades.

A doutrina lida com verdades gerais ou atemporais sobre Deus e sobre o restante da realidade. Não é apenas um estudo de eventos históricos específicos, tais como o que Deus fez, mas da própria natureza de Deus que atua na história. O estudo da doutrina é conhecido como teologia.

Por sabermos que a teologia é o estudo de Deus. Ou seja, o estudo, a análise e a declaração cuidadosa e sistemática da doutrina cristã[17]. Algumas de suas características irão nos ajudar a entender a natureza do labor teológico:

A TEOLOGIA É BÍBLICA

O principal conteúdo da teologia está nas Escrituras do Antigo e do Novo Testamento

A TEOLOGIA É SISTEMÁTICA

Ela não examina cada livro da Bíblia separadamente, mas procura juntar em um todo coerente o que toda a Escritura afirma sobre dado tópico, tal como o pecado do homem

A TEOLOGIA É CONTEXTUALIZADA[18]

A teologia deve expressar a mensagem bíblica de forma compreensível ao nosso mundo[19]

A TEOLOGIA É PRÁTICA

Paulo não expôs a doutrina apenas para informar seus leitores, de modo que tivessem mais dados. Antes, ele pretendia que a doutrina exposta fosse aplicada na vida cotidiana[20]

Este artigo visa trazer as definições de grandes teólogos sobre o que é Teologia fazendo uma abordagem exclusiva na perspectiva  cristã protestante, para ler sobre temas como Teologia da Libertação (movimento teológico dentro da perspectiva católica) e sobre a Teologia em outras religiões, acesse aqui.

Se você deseja fazer Bacharel em Teologia - EAD, quero recomendar um excelente curso para você, 100% Online ↓

BACHAREL EM TEOLOGIA - EAD


BIBLIOGRAFIA
[1] É dito com razão, que as estrelas surgiram antes da astronomia, e que as flores existiram antes da botânica, e que a vida existia antes da biologia, e que o homem antes da antropologia, e que Deus existia antes da teologia.
[2] Teologia Sistemática volume um – HAGNOS.
[3] Teologia Sistemática volume um – HAGNOS.
[4] Teologia Sistemática – Edições Vida Nova.
[5] Em Teologia Sistemática, História e Filosófica: Uma Introdução à Teologia Cristã. Shedd Publicações.
[6] Teologia Sistemática – Editora Hagnos.
[7] Citado por John Schwarz em ‘Manual da Fé Cristã’ – Editora Betânia.
[8] Citado por L. S. Chafer em sua Teologia Sistemática – Editora Hagnos.
[9] Esboço de Teologia Sistemática – Editora JUERP.
[10] Esboços de Teologia – Editora PES.
[11] Introdução à Teologia Sistemática – Edições Vida Nova.
[12] Em Quem Precisa de Teologia? Editora Vida.
[13] Em Palestras em Teologia Sistemática – Editora Batista Regular.
[14] Em Teologia Sistemática – Editora Cultura Cristã.
[15] B. A. Demarest em Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã – Editor Walter A. Elwell. Edições Vida Nova.
[16] Herminsten Maia Pereira da Costa em Raízes da Teologia Contemporânea – Editora Cultura Cristã – 1ª Edição em Português: 2004.
[17] Millard J. Erickson, idem.
[18] Ou seja, a teologia é elaborada dentro do contexto da cultura humana.
[19] Em outras palavras: A teologia precisa encarnar a mensagem bíblica tal como proclamada pelo povo de Deus ao longo da história e apta para interagir com o mundo em que vivemos. A nossa teologia precisa ser verdadeiramente bíblica, plenamente cristã e totalmente relevante para a nossa cultura. Cf. mais em Quem Precisa de Teologia?: Um Convite ao Estudo Acerca de Deus e de Sua Relação com o Ser Humano – Stanley J. Grenz & Roger E. Olson – Editora Vida.
[20] A boa teologia nunca se contenta em permanecer no nível teórico. Ela sempre afeta a vida.

0 comentários:

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA