CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

JESUS E A VIAGEM PARA A FELICIDADE (PARTE 4)

JESUS E A VIAGEM PARA A FELICIDADE

Exposição em Filipenses 3.8 – 9 e 1.25 – 27

por John Piper 
Tradução: Thiago Mancini  
 
  
jesus e a felicidade

E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo,      
E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.”  Fp 3.8 – 9).
    

 “E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé, Para que a vossa glória cresça por mim em Cristo Jesus, pela minha nova ida a vós.
Somente deveis portar–vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.” (Fp 1.25–27).

Parte IV – Nós temos que nos alegrar em Deus para crer?

     Se a alegria é tão proeminente e central no livro de Filipenses, então qual é a relação entre a alegria e a fé, qual é a relação entre a alegria e a crença no evangelho?
      
Por que eu penso que a maioria dos intérpretes do livro de Filipenses chegariam à Filipenses 1.27 como o principal ponto do livro sendo este:

     Apenas deixe que a sua maneira de viver seja digna do evangelho de Cristo.
     Somente caminhe ou viva de modo digno do evangelho.
     Andar de modo digno do evangelho, significa viver de uma maneira que faz o evangelho parecer valioso ou nobre ou magnífico.
     Viva desta maneira. Este é o ponto principal da carta do apóstolo Paulo aos filipenses.
     Mas o que é que caminhar ou viver de modo digno do evangelho significa na prática?

     Vamos continuar lendo:

     Somente deveis portar – vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.” (Fp 1.27).

     Esta é a maneira do apóstolo Paulo dizer como o evangelho é mostrado para ser magnífico ou engrandecido ou digno ou magnífico ou valioso; a saber, você está de braços dados com a fé se dedicando ao evangelho.

     Quando o evangelho é crido ou quando se acredita no evangelho, o evangelho parece digno. O evangelho não parece digno por existência, mas pelo nosso esforço em avançar no mundo e aumentar nossa fé nEle.

     E por quê isto? Por que a fé no evangelho de Cristo faz com que o evangelho pareça magnífico?

     Bem, até mesmo Satanás e todos os seus demônios acreditam no Evangelho, e eles tremem. Eles não fazem o Evangelho parecer magnífico crendo no evangelho.
     Portanto, deve haver alguma coisa sobre a natureza da crença verdadeira no evangelho que faz com que o evangelho pareça digno em uma forma que os demônios não fazem.
     Então, qual é a diferença?

Fé por si mesma ou o fruto da Fé?
     Uma pista está um pouco mais prematura no livro de Filipenses, em Filipenses 1.
     O apóstolo Paulo está falando sobre se seria melhor para ele ir para o Céu ou permanecer aqui na Terra. O apóstolo Paulo diz:
     E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé.” ( Fp 1.25 ).
  
Agora, como é que a alegria e a fé se relacionam uma com a outra aqui? 

A alegria é o fruto da fé? 

A alegria e a fé são experiências diferentes, e tão logo você tem fé, você também tem alegria? 

Ou a alegria é um componente construtivo – um ingrediente – no qual está a verdadeira fé?
    
     Eu creio que a alegria em Cristo é uma parte do que é a fé.

     O apóstolo Paulo diz em Filipenses 3.8:

     E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo.” ( Fp 3.8 ).
     Eu pensei que nós ganhamos Cristo Jesus através da fé. Mas o apóstolo Paulo está dizendo: 

“Eu valorizo supremamente a Jesus, e eu considero tudo o mais como menos valioso para que eu possa ganhar a Cristo.”

Como é que a alegria do apóstolo Paulo se relaciona com ganhar a Cristo pela fé?
    
Ver é Crer, Crer é se Deleitar

     O próximo versículo, o versículo seguinte de Filipenses 3.8 que é Filipenses 3.9 diz:

     ... para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.” ( Fp 3.8b–9 ).
     Então, Filipenses 3.8 diz: 

E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo.”; 

e Filipenses 3.9 diz: 

E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.
     A minha forma de colocar estes dois versículos juntos é dizer que um elemento necessário, elementar e essencial da fé salvadora é valorizar a Cristo acima de todas as coisas.
     Novamente, Filipenses 1.27 diz: 

Somente deveis portar–vos dignamente conforme o evangelho de Cristo.” (Fp 1.27a)

     É isto, viva de uma maneira a chamar atenção para o valor do Evangelho. 

Faça isto arregaçando as mangas e buscando a fé do Evangelho, que agora eu vou tomar o significado de não apenas acreditar que o Evangelho é a verdade, nem mesmo apenas acreditar que certos fatos e eventos vão acontecer por causa de Cristo, mas eu também quero fazê-lo entesourando o Evangelho.
     O tipo de satisfação em Deus de Filipenses 3.8 é parte do que é a fé salvadora em Deus.
    
 Como é que a alegria está relaciona como o Evangelho e com a fé no Evangelho? 

A alegria é um elemento essencial da fé, e quando nós vivemos por este tipo de fé, nós mostramos que o Evangelho é magnífico.

Trabalhadores para a Sua Alegria

     Há outro texto aonde esta relação entre a fé e a alegria também é extraída. 
O apóstolo Paulo diz em II Coríntios 1.24:
     Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas porque somos cooperadores de vosso gozo; porque pela fé estais em pé.” (II Co 1.24 )
     Nós esperaríamos que o apóstolo Paulo dissesse: 

“Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé; mas  nós trabalhamos com vocês pela vossa fé.” 

E o apóstolo Paulo diz isto, mas muda as palavras. “Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas trabalhamos com vocês pela sua alegria.”
     Eu penso que em virtude do que vimos acima, você poderia dizer alegria da fé – alegria que é parte do que é a fé.
     Portanto, o Evangelho de Cristo é mais engrandecido e mais glorificado em nós quando o Cristo do Evangelho nos satisfaz profundamente.

Esta mensagem é a quarta mensagem, de uma série de seis mensagens sobre o tema da alegria no livro de Filipenses. John Piper, vai nos guiar através de um pequeno estudo sobe como entender a alegria, e nos dedicar à alegria, e então aplicar a alegria em toda a nossa vida.


Fonte: DesiringGod Foundation | Autor: John Piper | Tradutor: Thiago Mancini

0 comentários :

Postar um comentário

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria