CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

O QUE SIGNIFICA CORAM DEO?

O QUE SIGNIFICA "CORAM DEO"?

coram deo r c sproul significa

 Por R.C. Sproul

                                                                                                  Tradução: Thiago Mancini


   
 Eu me lembro da minha mãe parada em pé na minha frente, com as mãos apoiadas no quadril, com os olhos brilhando como brasas de fogo dizendo em voz alta: “Me diga qual é a sua grande ideia, meu jovem?”

Instintivamente eu sabia que, em teoria, a minha mãe não estava me perguntando uma questão abstrata. A pergunta dela não era uma questão geral, era uma acusação velada.


As palavras dela foram facilmente traduzidas para terem o seguinte significado: “Por quê você está fazendo o que você está fazendo?”
     
 A minha mãe estava me desafiando a justificar o meu comportamento com uma ideia ou com um argumento válido. E eu não tinha nenhuma ideia ou argumento para justificar o meu comportamento.

Recentemente, com toda a seriedade, um amigo me perguntou a mesma questão. Ele me perguntou: “Qual é a grande ideia da vida cristã?” Ele estava interessado no mais importante, o objetivo final da vida cristã.

Para responder à questão dele eu retrocedi nas prerrogativas teológicas, e dei à ele um termo latino.

Eu disse: “A grande ideia da vida cristã é Coram Deo. Coram Deo captura a essência da vida cristã.”

Esta frase literalmente se refere a alguma coisa que toma lugar na presença de Deus, ou ante a face de Deus.


Viver Coram Deo é viver a vida inteira na presença de Deus, sob a autoridade de Deus para a glória de Deus. ¹


VIVER CORAM DEO É VIVER A VIDA INTEIRA NA PRESENÇA DE DEUS, SOB A AUTORIDADE DE DEUS PARA A GLÓRIA DE DEUS.

Viver a vida inteira na presença de Deus é entender que absolutamente tudo o que estamos fazendo e onde quer que estejamos fazendo isto, nós estamos agindo debaixo do olhar fixo de Deus.

 Deus é onipresente. Em todo o Universo não há nenhum lugar que seja tão remoto que possa escapar do seu olhar penetrante.

Estar consciente da presença de Deus é também estar muito bem ciente da soberania de Deus.

A experiência uniforme dos santos é reconhecer que se Deus é Deus, então Deus é realmente soberano.

Quando Saulo fora confrontado pela glória refulgente do Cristo ressuscitado no caminho de Damasco, sua pergunta imediata foi: "Quem é, Senhor?"

Saulo não tinha certeza de quem é que estava falando com ele, mas Saulo bem sabia que quem quer que fosse, certamente era soberano sobre ele.

Viver sob a soberania divina envolve muito mais do que uma submissão relutante em uma soberania que é motivada por medo de punição.

Viver sob a soberania envolve o reconhecimento de que não há um objetivo maior e mais elevado do que oferecer honra a Deus. Viver sob a soberania significa que nossas vidas devem ser um sacrifício vivo, oblações oferecidas em um espírito de adoração e de gratidão.

Viver toda a vida Coram Deo é viver uma vida de integridade. É uma vida de plenitude que encontra unidade e coerência na majestade de Deus. Uma vida fragmentada é uma vida de desintegração. É marcada por inconstância, desarmonia, confusão, conflito, contradição e caos. 

O cristão que compartimenta a sua vida em duas seções de religião e não religião ou religioso e não religioso, falhou em compreender a grande ideia.
      
A grande ideia é que ou toda a vida é religiosa ou nada da vida é religioso. Dividir a vida entre religião e não religião é em si mesmo um sacrilégio.

Isto significa que se a pessoa cumprir a sua vocação como serralheiro, advogado ou dona de casa Coram Deo, então essa pessoa está agindo tão religiosamente como um evangelista que ganha almas para cumprir a sua vocação.

Isto significa que Davi foi tão religioso quando obedeceu ao chamado de Deus para ser um pastor de ovelhas tanto quanto fora religioso quando foi ungido para se tornar rei.

Isto significa que Jesus foi tão religioso quando trabalhou na carpintaria de José tanto quanto fora religioso quando esteve no Jardim do Getsêmani.

Integridade é encontrada onde homens e mulheres vivem suas vidas em um padrão de consistência. É um padrão cujas funções são basicamente as mesmas, dentro e fora da Igreja. É uma vida sincera diante de Deus.

É uma vida na qual absolutamente tudo o que é feito, é feito para Deus. É uma vida vivida por princípios e não por conveniência, por humildade diante de Deus e não por desobediência.

É uma vida sob a tutela da consciência que é mantida em cativeiro pela Palavra de Deus.
     
Coram Deo... diante da face de Deus. Esta é a grande ideia. Próxima à esta ideia, nossos outros objetivos e ambições se tornam meras trivialidades.

Textos para um estudo mais aprofundado: 
Mateus 24.13; Romanos 8.31 – 36;          
 II Coríntios 4.7 – 16; 
Hebreus 6.9 – 12; 
Hb 10.35 – 39.


Autor: R. C. Sproul
Tradutor: Thiago Mancini
Fonte:


1] Nota do Tradutor: Coram Deo é uma expressão teológica em latim cunhada no século XVI no contexto da Reforma Protestante. Mas a final de contas, o que significa Coram Deo? Coram Deo é uma expressão latina cuja tradução significa “ na presença de Deus ” e cujo significado seria que o ideal de vida cristã é que os cristãos vivam toda a vida na presença de Deus, sob a autoridade de Deus e para a glória de Deus.


     No Catolicismo Medieval era muito comum a idéia de dividir a vida entre o sagrado e o profano; entre o religioso e o não religioso; e por tanto a espiritualidade medieval não conseguia conectar a mensagem do evangelho com a vida. Foi então contra este sacrilégio de dividir a vida entre o sagrado e o profano que os reformadores protestaram afirmando que todos nós vivemos na presença de Deus.

     Portanto devemos viver para glória de Deus por meio do que somos e do que fazemos: ( I Co 10.31 ).

2 comentários :

  1. quero mais estudos por favor...boa tarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Josenilton, ficamos felizes em ver seu empenho, existem centenas de estudos disponíveis em nosso site e certamente ainda serão publicados muitos outros. Grande Abraço!

      Excluir

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria