CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

A IMAGEM DE DEUS - Helbert Souza



 A IMAGEM DE DEUS  

Façamos o homem à nossa imagem

homem segundo semelhança de deus
Alguns leitores do site e alunos do nosso curso gratuito de teologia online tem feito perguntas sobre este tema. Em função disto, resolvi escrever este pequeno artigo que certamente não tem por intenção esgotar o assunto, mas que visa responder as principais questões levantadas por nossos leitores e trazer uma visão resumida sobre antropologia bíblica, a partir do texto abaixo. 

Observemos o texto de Gênesis 1:26-27
 
26.E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
27.E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
 
ACRF
bibliaonline.com.br

 "E disse Deus"
Temos aqui a expressão da resolução de Deus. Não é algo que ele decidiu naquela hora. Ele já determinou todas as coisas, desde a eternidade. Porém, este é o momento em que Ele cumpre o seu propósito. A criação não é produto do acaso, não é um acontecimento fortuito. Não surge através de forças cegas. Existe um Deus pessoal, que decide fazer tudo conforme a Sua própria vontade. Se não houvesse um criador, então a existência humana não faria sentido. Somente quando nos vemos como parte do plano de Deus, entendemos o propósito de nossa existência.
É importante observarmos ainda que o texto refere-se a uma fala do próprio Deus. É Ele quem diz.
A Bíblia não é um livro de palavras humanas, tampouco um livro que contém a Palavra Deus. 
A Escritura é a própria Palavra de Deus
Alguns procuram frases legais na bíblia, ou até autoajuda e não a ajuda do alto; outros buscam alguma frase de Deus, isolada  de seu contexto, para fazerem daquilo uma espécie de amuleto espiritual. 
Lembremo-nos , porém, que ler a Palavra não é como fazer uma consulta ao horóscopo, onde indivíduos buscam previsões de seu futuro imediato. Ela fala do plano redentor de Deus. Visa acima de tudo glorificá-Lo, um Deus único, porém trino. E isto não é contraditório, pois cremos em um só Deus, porém, que subsiste em três pessoas, o que para alguns estudiosos parece estar claro na seguinte frase: 

"Façamos o homem"
 Há teólogos que afirmam que o verbo no plural sugere uma conversa da trindade. Outros dirão que é apenas um plural magestático, o pronome nós, chamado nestes casos de  "o nós da realeza".
Todavia, independente de uma ou outra posição, o contexto geral das Escrituras deixa muito clara a existência de um Deus triúno. Bem como a expressão de Sua imagem no homem.

"... à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine ..."
Já vi cristãos que pensam no homem como uma das imagens de Deus, pois os animais, as plantas,etc também seriam. Este pensamento, todavia, remete à heresia chamada panteísmo. A Bíblia diz que o homem é a imagem e semelhança de Deus; não as árvores, aves, répteis, estrelas, mares, etc. Embora toda a criação glorifique a Deus, o ser humano foi criado para ter domínio sobre a natureza, para geri-la. É um ser inteligente e pessoal. Os animais, por exemplo, não tem consciência do que são ou do propósito de sua existência. O cão não sabe que possui uma natureza canina. Mas o homem sabe o que é. Ele é o ser que reflete aquilo que o próprio Deus é.
Certos teólogos afirmam diferença entre as palavras "imagem" e "semelhança", porém estes termos podem ser entendidos como sinônimos.

"E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou"
No versículo 27, nota-se que "homem" tem um sentido genérico -  homem e mulher. Primeiro diz que Deus criou o homem  e depois diz: "homem e mulher os criou". Então a humanidade se expressa através do homem e da mulher. Tudo o que a Bíblia ensina em termos antropológicos, obviamente não se restringe ao gênero masculino. Embora deva-se reconhecer que Deus confere papéis distintos a cada um, que Ele primeiro fez o homem e depois a mulher. E que esta deveria ser submissa ao homem. Em que sentido? Submissão deve ser entendido como cooperar com a missão. Eva seria a ajudadora de Adão na missão que Deus o deu.

O QUE SIGNIFICA SER IMAGEM (SEMELHANÇA) DE DEUS?

A imagem ou semelhança de Deus no homem foi desfigurada por meio da queda, porém não perdida. Mesmo o homem ímpio espelha (embora não perfeitamente) a Deus.
Deus é um ser pessoal, consciente de Si mesmo, Ele não é  uma força cega, incontrolável.
Apesar de sua transcendência ou seja, Ele está acima e separado de tudo e de todos - Deus também é imanente, Ele desce para relacionar-se conosco.
Dentre outros atributos divinos que foram comunicados ao ser humano, está a capacidade de se relacionar conscientemente com outros indivíduos. E neste sentido é que vemos também a doutrina da trindade espelhada no homem.  Ele foi criado para se relacionar. E se relaciona com Deus, consigo mesmo e com os outros.
Certo pregador famoso da atualidade tem ensinado uma visão alheia às Escrituras e seus seguidores a repetem, dando a entender que Deus precisava desesperadamente da criação, pois se sentia só. Dizem que Ele criou os anjos, mas não se satisfez com estes. A rebelião de Lúcifer teria sido fatal. Então é neste momento que teria descido dos céus na asas de um querubim. Quando chega a Terra, olha para as águas, vê os peixes que criara, mas não consegue se satisfazer também. Olhando para o seu próprio reflexo nas águas, diz: "Eureca! Já sei, criarei o homem à minha imagem".
Esta visão é espúria por vários motivos. Consideremos um: Deus jamais se sentiu solitário ou dependente de criar algo para se satisfazer. As pessoas da trindade sempre se relacionaram entre si, com amor eterno e autossatisfação. O Pai ama o Filho e o Espírito; O Filho ama o Pai e o Espírito; O Espírito ama o Pai e o Filho.
Tudo o que Deus criou foi para a Sua glória. O homem não é diferente, O glorifica e reflete a Sua imagem através da sua capacidade de relacionar-se. 
Sua relação mais essencial, sem dúvida, é com Deus. Dela decorre todas as demais. 
O homem que trata a si mesmo ou ao seu próximo de forma indevida, tem na verdade problemas com Deus. Com relação a si, são dois erros que ele comete: superestimar-se ou subestimar-se. Todavia, se em nós é recuperada a imagem divina, ganhamos equilíbrio. 

Por isto, o próprio Deus estabelece o padrão correto de relacionamento para o homem, ele deve:

1. Amar a Deus de todo o coração, alma, entendimento e força;
2. Amar o próximo como a si mesmo

Conforme Jesus resumiu os mandamentos, segundo os textos bíblicos de Mateus  22.37-39 e Marcos 12.30-31.


Para estudar mais sobre antropologia bíblica, sugerimos os seguinte textos:

0 comentários :

Postar um comentário

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria