CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

POR QUE NÃO OPERAMOS MILAGRES MAIORES QUE OS OPERADOS POR JESUS? - por Ruy Marinho


Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai.” João 14:12

Certo dia, um amigo muito angustiado me procurou, preocupado com o seu ministério, dizendo que não conseguia adquirir a promessa de Jesus descrita nesta passagem. Em outras palavras, não chegava a um nível de espiritualidade elevada, a ponto de operar milagres maiores dos que o Mestre operou em seu ministério terreno.

A primeira coisa que questionei: se realmente as “obras maiores” que Jesus prometeu que iríamos fazer, for os sinais miraculosos que Ele operou durante seu ministério terreno, então estamos com um problema muito grave: A realidade da Igreja hoje estaria muito distante do ideal! Os sinais extraordinários operados por Jesus deveriam acontecer em quantidades maiores, com milagres mais espetaculares e extraordinários dos que o Mestre operou. Imaginem, por exemplo, qual milagre seria maior do que ressuscitar um morto? Ou então reconstruir uma orelha decepada?

Confesso que até hoje não vi ninguém operar milagres e sinais extraordinários como: andar sobre as águas, curar cegos e paraplégicos, reconstituir mutilados, ressuscitar mortos, transformar água em vinho, ler pensamentos, multiplicar pães e peixes etc.

Na verdade, o grande problema é que muitos pregadores “milagreiros” utilizam Jo 14:12 de forma isolada e fora de contexto, interpretando o texto de maneira literal, para tentar justificar seus truques de ilusionismo e de misticismos exóticos. Este errôneo “padrão de ensino” vem sendo propagado há muito tempo nas igrejas neopentecostais brasileiras, tendo em vista os inúmeros casos de pessoas que se frustraram ministerialmente por não conseguir alcançar esta suposta “promessa sobrenatural” de Jesus, bem como por serem vítimas dos milagreiros fraudulentos.

Analisando o versículo de maneira exegética, o termo grego utilizado para “maiores” é meizõn, literalmente significa “coisas maiores”. Já o vocábulo “obras” a palavra grega é ergon, que significa trabalho, ato, ação. [1] O termoergon é direcionado, em sentido amplo, a “trabalho”. Na versão Bíblica inglesa King James (KJV), o vocábulo ergon é empregado a “works”, que significa trabalho. [2] Seguindo o contexto direto da passagem, as “obras maiores” significam a longitude do trabalho através da expansão do evangelho. Em outras palavras: o foco é trabalhos maiores e não milagres maiores!

Cristo não está afirmando que faríamos milagres extraordinários maiores do que Ele fez, mas sim que a obra da Igreja, no poder do Espírito Santo, será “maior” do que a obra de Jesus, em sentido numérico e territorial. As obras maiores estão diretamente conectadas à ida de Cristo ao Pai (“porque eu vou para junto do Pai”), onde após isso o Espírito Santo seria enviado (Jo 14:16) e os discípulos revestidos de autoridade para anunciar o evangelho (At 1:8). Quando o Espírito foi derramado sobre os discípulos, todos eles pregaram a Palavra de Deus. Com isso, converteram-se ao evangelho uma enorme multidão de pessoas, quantidade bem mais numérica do que todas as pregações de Jesus juntas (At 1:15, 2:41, 4:4, 5:14, 6:7, 9:35, 12:24, 16:15). As “obras maiores” que os discípulos realizaram foram, sem dúvida, às milhares de conversões de vidas, através da propagação do evangelho pelo poder do Espírito Santo.

Os apóstolos não operavam milagres como meio de pregar o evangelho, mas em casos específicos como sinais inquestionáveis do poder de Deus (At 19:11). O Evangelho em si tem como objetivo de salvar vidas e não de operar milagres físicos, pois estes são meros coadjuvantes da mensagem evangelística (1Co 15:1-4, 1Tm 1:15). Em seus sermões, Jesus nunca priorizou curas, milagres e sinais. Os mesmos eram acompanhantes de suas pregações, nos quais testificavam que Ele era o Messias Ungido de Deus.

Sendo assim, não devemos de forma alguma lamentar por não realizar milagres iguais ou maiores dos que Cristo operou. Na verdade, o nosso lamento deve estar na superficialidade bíblica em que algumas igrejas estão inseridas, pois o que é pregado e ensinado por muitos vem prejudicando a essência da mensagem bíblica, enfatizando experiências místicas extra-bíblicas em detrimento da verdadeira mensagem evangelística que é a salvação e transformação de vidas.

O maior milagre que pode acontecer na vida de alguém é a salvação em Cristo Jesus. Portanto, vamos anunciar o evangelho!

Soli Deo Gloria!


Notas:

GINGRICH, F. W.; DANKER, F. W. Léxico do N.T. grego/português. Vida Nova, 2003, pág 85.
2 KING JAMES Amplifield Parallel Bible, 2005, Thomas Nelson Publishing Staff.


Um comentário :

  1. Na verdade João é reconhecido pela ênfase no ministério miraculoso de Jesus Cristo. As obras e a fé estão sempre conectadas, e a maioria das obras são sinais miraculosos. Nada de conversões. Não é preciso crer em Jesus Cristo para converter mais pessoas do que Ele converteu.

    Você reclama que leem de modo isolado e você restringe a exegese ao capítulo 14, e esquece do restante do livro, onde fica claro que obras e sinais miraculosos são quase que sinônimos. Veja:

    Joã 4:46 Segunda vez foi Jesus a Caná da Galiléia, onde da água fizera vinho. E havia ali um nobre, cujo filho estava ENFERMO em Cafarnaum. Joã 4:47 Ouvindo este que Jesus vinha da Judéia para a Galiléia, foi ter com ele, e rogou-lhe que descesse, e curasse o seu filho, porque já ESTAVA À MORTE. Joã 4:48 Então Jesus lhe disse: Se não virdes SINAIS E MILAGRES, NÃO CREREIS. Joã 4:49 Disse-lhe o nobre: Senhor, desce, antes que meu filho morra. Joã 4:50 Disse-lhe Jesus: Vai, O TEU FILHO VIVE. E o homem CREU na palavra que Jesus lhe disse, e partiu.

    Joã 5:5 E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava ENFERMO. Joã 5:6 E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? (...) Joã 5:9 Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, E ANDAVA. E aquele dia era sábado. (...) Joã 5:20 Porque o Pai ama o Filho, e mostra-lhe tudo o que faz; E ELE LHE MOSTRARÁ OBRAS MAIORES DO QUE ESTAS, para que vos maravilheis.

    Joã 6:1 Depois disto partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, que é o de Tiberíades. Joã 6:2 E grande multidão o seguia, porque via os sinais que operava sobre os enfermos.

    Joã 7:3 Disseram-lhe, pois, seus irmãos: Sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as OBRAS QUE FAZES. (...) Joã 7:5 Porque nem mesmo seus irmãos criam nele.

    Joã 9:1 Caminhando Jesus, viu um HOMEM CEGO de nascença. Joã 9:2 E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Joã 9:3 Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele AS OBRAS DE DEUS. Joã 9:4 É necessário que façamos as OBRAS daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar. (...) Joã 9:7 dizendo-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé ( que quer dizer Enviado ). Ele foi, lavou-se E VOLTOU VENDO.

    Joã 10:25 Respondeu-lhes Jesus: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As OBRAS que eu faço, em nome de meu Pai, essas testificam de mim.

    Joã 11:1 Estava, porém, enfermo um certo Lázaro, de Betânia, aldeia de Maria e de sua irmã Marta. Joã 11:14 Então Jesus disse-lhes claramente: LÁZARO ESTÁ MORTO; (...) Joã 11:41 Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. Joã 11:42 Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, PARA QUE CREIAM que tu me enviaste. Joã 11:43 E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. Joã 11:44 E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.

    Joã 12:37 E, ainda que tinha feito tantos SINAIS diante deles, não CRIAM nele;

    Assim, das duas uma. Ou Jesus Cristo se enganou, ou essa igreja moderna realmente não é a igreja dele, e vocês estão com um problema muito grave.

    ResponderExcluir

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria