CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

O ESTRANGULAMENTO DA ALMA CHAMADO ANSIEDADE - por Leonardo Dâmaso

 
       A palavra ansiedade, no grego, significa "estrangulamento". A ansiedade é o enforcamento da alma. Ela oprimi o coração e asfixia a nossa paz. Ela sufoca a esperança e encarcera a alegria. Ansiedade é sofrer por antecipação. É preocupar-se com algo que ainda não aconteceu e que talvez nem aconteça. A ansiedade é você concentrar toda a sua atenção e energia nas vias do incerto.

       
A ansiedade, entretanto, juntamente com a depressão, são as doenças mais comuns da atualidade. A ansiedade não escolhe as suas vítimas, pelo contrário, todos, adultos, idosos, crianças, adolescentes, ricos, pobres, religiosos e ateus, sem excessão, são por muitas vezes suprimidos pelo compressor da ansiedade.

Em Mateus 6.27, Jesus nos ensina algo sobre a ansiedade, onde Ele diz: Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? NVI Noutras palavras, Jesus disse que a ansiedade é inútil, pois ninguém pode “adiantar” o tempo para que chegue logo o momento desejado pela ansiedade. Paulo diz em Filipenses 4.6: Não andeis ansiosos por coisa alguma; pelo contrário, sejam os vossos pedidos plenamente conhecidos diante de Deus por meio da oração e súplica com ações de graças. Almeida Século 21 Pedro, por sua vez, no capítulo 5.7 de sua primeira carta, também nos orienta a lançarmos a nossa ansiedade em Deus, pois ele tem cuidado de nós.

     
A ansiedade, além de ser inútil e prejudicial à saúde emocional, é também um sinal evidente de incredulidade. A ansiedade não tem o poder de nos ajudar a resolver e enfrentar os possíveis problemas do amanhã, antes, ela nos enfraquece para resolvermos e enfrentarmos os problemas do presente. Ficamos ansiosos porque duvidamos de que Deus é poderoso o suficiente para cuidar da nossa vida e das nossas necessidades e que nós mesmos podemos administrar tudo independentes de Deus.

Finalmente, a ansiedade é, também, uma doença e um pecado. Para a doença temos a cura pela medicina; e para o pecado temos o perdão de Deus. Devemos obedecer o imperativo de Jesus descrito em Mateus 6.33; ou seja, buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, sabendo que as demais coisas que necessitamos (vs.31-32) nos serão dadas como resultado da nossa obediência. Que venhamos a descansar em Deus, crendo que ele tem o melhor para nós e não nos desamparará, pois ele ama os seus filhos e filhas e tem cuidado de nós.
Salmo 56.3 - Mas eu, quando estiver com medo [ou ansioso por algo], confiarei em ti. NVI
 
Contato por email: tadeudamaso@yahoo.com.br
Contato pelo facebook: Leonardo Dâmaso 

0 comentários :

Postar um comentário

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria