CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

O ARREBATAMENTO E A VOLTA DE CRISTO: A SUA VINDA SERÁ DUPLA? - Helbert Souza

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO SERÁ EM DUAS ETAPAS?


O dispensacionalismo pré-tribulacionista fala em uma vinda dupla de Cristo intermediada por um intervalo de sete anos. Estaria dividida desta forma:

1ª Etapa: o Arrebatamento – Cristo arrebatará sua igreja em secreto (arrebatamento pré-tribulacinal)

2ª Etapa: A Volta de Cristo - Cristo instaurará seu Reino milenar.

A Nova Bíblia de Scofield apresenta a seguinte cronologia:
           
1º ARREBATAMENTO - Cristo não percorre todo o caminho até a terra, mas somente parte do caminho.

2º AS BODAS DO CORDEIRO:
A Igreja sobe para ao céu com Cristo para celebrar durante sete anos as bodas do Cordeiro.
 Nestes 7 anos, vários eventos sucederão sobre a terra:


3 ANOS E MEIO DE PAZ  (A) a tribulação predita em Daniel 9.27 começa agora

Daniel 9:27a
E ele firmará aliança com muitos por uma semana...

3 ANOS E MEIO DE PERSEGUIÇÃO (a última metade da semana chamada grande tribulação)

Daniel 9:27b
... e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação

(B) o anticristo começa então seu reinado cruel
Sua exigência para ser adorado como Deus

(C) Os juízos terríveis caem sobre os habitantes da terra

(D) Um número eleito de israelitas e a multidão inumerável de gentios são redimidos;

(E) Os reis da terra e os exércitos da besta e do falso profeta reúnem-se agora para atacar ao povo de Deus.

3º A VOTA DE CRISTO -  Cristo retornará em glória acompanhado pela Igreja.
- Percorrerá todo o caminho até a terra.
- Destruirá seus inimigos na batalha do Armagedom
- Estabelecerá seu trono em Jerusalém
 - Começará seu reinado milenar.


Até o próprios pré-milenistas (pré-milenismo histórico) criticam  a teoria da "vinda dupla". Anthony Hoekema cita dois eruditos pré-milenistas: George E. Ladd e Robert H. Gundry

POR QUE A TEORIA DA VINDA DUPLA É INCONSITENTE?

(1) AS PALAVRAS UTILIZADAS PARA SEGUNDA VINDA NÃO FAVORECEM ESTE PENSAMENTO:

Parousia (Literalmente: presença),
Apokalypsis (revelação),
Epiphaneia (manifestação).

Parousia:
- 1 Ts 4.15,
Paulo usa Parousia
para descrever a segunda vinda de Cristo (que os pré-tribulacionistas chamariam de arrebatamento.)

- 1 Ts 3.13,
Parousia  é utilizada
para descrever a “vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos”  (que os pré-tribulacionaistas chama de 2ª etapa da volta de Cristo).

Apokalypsis:
- 1 Co 1.7
Apokalypsis usada para descrever a Vinda de Cristo (chamam de arrebatamento)

- Porém 2 Ts 1.7-8,
 Apokalypsis é empregada para descrever a vinda de Cristo (denominam a 2ª etapa da Segunda Vinda)

Epiphaneia:
-1 Tm 6.14 (chamam de arrebatamento)
“Exorto-te... que guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até a manifestação (epiphaneia) do nosso Senhor Jesus”.

Mas

- 2 Ts 2.8
“Então será revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus... destruirá, pela manifestação (epiphaneia) de sua vinda”.

 Paulo emprega “epiphaneia” para descrever a vinda de Cristo na qual ele destruirá o homem da iniqüidade. (Segundo eles isto só ocorrerá depois grande tribulação)


Observamos naturalmente que todos os termos acima se referem a um único evento: 
a volta de Cristo. 
O pensamento de que será em duas etapas é meramente especulativo.

(2)  AS PASSAGENS DO N.T. QUE FALAM DA GRANDE TRIBULAÇÃO
ENSINAM QUE A IGREJA SERÁ RETIRADA DA TERRA NESTE PERÍODO?

- QUESTÃO:
Jesus fala sobre a grande tribulação em Mateus 24:

Jesus diz que os dias daquela tribulação serão abreviados por causa dos eleitos (v.22),
Ou seja, a igreja (os eleitos) estarão aqui, é por causa deles que o Senhor abreviará aqueles dias.

DIZEM:
“- os eleitos são os judeus!

RESPOSTA:
Não há base aqui para crer que os eleitos sejam os judeus.


- QUESTÃO
O Evangelho de Mateus

DIZEM:
“- o Evangelho de Mt foi escrito especialmente para os judeus!”

RESPOSTA:
mas palavras similares são encontradas em Mc 13.20, um Evangelho que não é dirigido especificamente aos judeus.


(3) A PRINCIPAL PASSAGEM DO NOVO TESTAMENTO SOBRE O ARREBATAMENTO, ENSINA QUE ELE SERÁ ANTES DA TRIBULAÇÃO?

1 Ts 4.16-17:
“Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor”.

DIZEM:
Após o encontro nos ares, o Senhor inverterá sua direção e voltará para os céus,
levando com ele os membros da igreja ressuscitados e transformados.

RESPOSTA
A passagem não diz, nem ao menos deixa isto implícito. 

O QUE ESTE TEXTO ENSINA REALMENTE?
Ensina que, na volta de Cristo, todos os crentes serão ressuscitados e todos os crentes vivos serão transformados e glorificados (conforme também o texto de 1 Coríntios 15.51,52);

Paulo termina, no verso 17 com as palavras:
e assim estaremos para sempre com o Senhor”.

Ou seja: não deixa ocasião para um retorno nosso com Cristo. "Para sempre" é a eternidade.

(4) O AMILENISMO ANIQUILA O ENSINO DE  QUE SEGUNDA VINDA DE CRISTO SERÁ “COM O SEU POVO” E “PARA O SEU POVO”?

Os pré-tribulacionistas falam das duas etapas da Segunda Vinda de Cristo como:

O ARREBATAMENTO DOS CRENTES (vinda para seus santos)
------------------------------7 anos de intervalo-------------------------------                     
A VOLTA DE JESUS CRISTO                (vinda com  os seus santos)

DIZEM:
Cristo somente pode            vir com seus santos               após
Ele ter             primeiramente            vindo para seus santos,                     no arrebatamento.


- 1 Ts 3.13
fala da             “vinda de nosso Senhor Jesus,                     com todos os seus santos”.


- 1 Ts 4.13-18.
vs 14:
“Pois nós cremos que Jesus morreu e ressuscitou, e portanto cremos que Deus trará com Jesus aqueles que dormem nele” (NIV).

O que perturbava os tessalonicenses era saber se os crentes que já tinham morrido perderiam
a alegria da Segunda Vinda de Cristo.
  
A resposta de Paulo vem nos versos 13-18: Eles não perderão!

PORQUE NÃO PERDERÃO?
pois:
os mortos em Cristo serão ressuscitados primeiro, e então, juntamente com os que ainda estiverem vivos, encontrarão o Senhor nos ares.

-Vs 14 Paulo diz que
Deus trará com Jesus” aqueles que morreram em Cristo.

Ou seja:
Quando Cristo voltar, ele trará estes crentes mortos com ele dos céus.
Portanto, a vinda de Cristo será “com seus santos” e “para seus santos” no arrebatamento.

 (5) A IGREJA NÃO PODERÁ ESTAR NA TERRA DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO, POIS ELA NÃO É OBJETO DA IRA DE DEUS

De fato Cristo já sofreu na cruz a ira de Deus que deveria ser derramada contra nós. Mas na grande tribulação, a igreja receberá a ira dos homens e não a de Deus, o que está plenamente em acordo com o texto de Mt. 24:9 
“Então sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome”.

A tribulação é um dos sinais dos tempos. Nos indicará que mais do que nunca, Cristo está as portas. E no auge da grande tribulação, Cristo nos livrará por meio de sua gloriosa vinda. Vejamos o texto de 2 Tessalonicenses 1.6-8:

“... se de fato é justo para com Deus e ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam, e a vós outros que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder, em chama de fogo tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao Evangelho do nosso Senhor Jesus”.


Soli Deo Gloria!


Baseado em
Anthony Hoekema - A Bíblia e o Futuro
Editora CEP

0 comentários :

Postar um comentário

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria