CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

O CLUBE SANTO E O AVIVAMENTO INGLÊS DE 1739

Em 1739 a Inglaterra experimentou um grande reavivamento.

 Tudo começou assim...

John Wesley com dezessete anos iniciou seus estudos de teologia na faculdade de Oxford, e recebeu seu diploma de bacharel em 1724, e o seu doutorado em 1727. Ele foi consagrado ministro da igreja Anglicana mas continuou também na faculdade de Oxford, onde lecionava grego.

No ano 1729 Charles Wesley, o irmão de John Wesley, começou com mais dois estudantes um pequeno grupo que se reunia regularmente para orar, estudar a bíblia e encorajamento mútuo.
Eles começaram a ser chamados de metodistas em função do método que usavam para auto-exame e autodisciplina. Mais tarde outro jovem se juntaria àquele clube, era George Whitefield.

Em outubro de 1735 John e Charles Wesley viajavam para América como missionários, porém depois de um pouco mais que dois anos, John voltou a Inglaterra  preocupado com sua própria salvação:
"Fui para a América converter os índios, mas, oh, quem vai me converter?". Poucos meses depois  John teve uma experiência na qual ele obteve a certeza da sua salvação pela fé.


No primeiro dia do ano de 1739, John e Charles Wesley, George Whitefield e mais quatro membros do Clube Santo celebravam a santa ceia em Londres:

“Cerca de três da manhã, enquanto estávamos orando, o poder de Deus caiu tremendamente sobre nós, a tal ponto que muitos gritaram de alegria e outros caíram ao chão, vencidos pelo poder de Deus. 
Tão logo nos recobramos um pouco dessa reverência e surpresa na presença da Sua majestade, começamos a cantar a uma voz: 
Nós te louvamos, ó Deus; Te reconhecemos como Senhor”.

Tal acontecimento ficou conhecido como “O Pentecoste Metodista”.

Deste dia em diante um grande avivamento começou.
George Whitefield pregando

Após um mês e meio, com apenas 22 anos de idade, Whitefield estava pregando para milhares de pessoas. 
Três meses após o evento, John Wesley também pregava às multidões.

 O número de ouvintes aumentavam diariamente, chegando a atingir vinte mil pessoas. Os mais ricos ficavam sentados em seus coches e outros em seus cavalos. Outros ainda sentavam-se nas árvores e em toda parte o povo se reunia para ouvi-los expor a Palavra de Deus.

Muitos choravam, conforme o Espírito de Deus descia sobre eles.

Os cultos das 7 horas da manhã de Domingo geralmente tinham de cinco mil a seis mil ouvintes.

Wesley pregando
Ali, para surpresa de Wesley, ele começou a observar o Espírito Santo convencendo poderosamente as pessoas de seus pecados enquanto pregava. 
Indivíduos bem vestidos, amadurecidos, repentinamente gritavam como se estivessem em agonia. 
Tanto homens como mulheres, dentro e fora dos prédios das igrejas, tremiam e caíam no chão, quando Wesley interrompeu seu sermão e orava em favor deles, logo encontravam paz e rejubilavam-se em Cristo.

A amizade de George Whitefield e John Wesley  se fortalecia a cada vez mais. Mesmo com a diferença teológica que tiveram, pois Whitefield associou-se à igreja Presbiteriana e tornou-se calvinista. 
Certa feita, sabendo das suas diferenças doutrinárias, alguém perguntou a Whitefield se ele achava que iria ver John Wesley no céu:

- "Temo que não", ele respondeu,
"ele estará tão perto do trono eterno, e nos tão distantes, que quase não o veremos".


Baseado em:
Pr Paul David Cull
www.avivamentoja.com

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria