CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

PÁRA E PENSA... - LOBOS DISFARÇADOS DE OVELHAS - Por SANDRO TEIXEIRA

Sejamos honestos! Alguém conhece ou já ouviu este texto, citado em alguma pregação por este mundo de meu Deus?:
"E aconteça que, alguém ouvindo as palavras desta maldição, se abençõe no seu coração, dizendo: Terei paz, ainda que ande conforme o parecer do meu coração; para acrescentar à sede a bebedeira" (Dt.29:19). Logo de cara e, pressurosamente, filtramos e dizemos: "Isto é do tempo da Lei". Certamente que sim. Mas o príncípio aí contido, se aplica ainda hoje. Se a pessoa vive voluntariamente em pecado, tal
pessoa não deve dizer para si mesma: "Sou um eleito de Deus. Portanto estou perdoado de todos os meus pecados e irei para o Céu". É como tentar criar o "círculo quadrado".
O pecado é de tal natureza contrária a Deus que, se gostamos de praticá-lo, isto é sinal evidente de que não conhecemos a Deus, ou ainda estamos cegos em nosso entendimento. 
“Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (2 Cor.4:3-4)
“Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado” (Jo.8:34). “Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu” (1 Jo.3:6).
“Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca” (1 Jo.5:18).
Muitas vezes, condenamos aqueles que chamamos de "ímpios", aqueles que estão fora da "Igreja" e não concordam com nossas opiniões, pontos de vista sobre Deus e a vida cristã. Mas temos que nos questionar se, muitas vezes, eles não estão mais felizes do que nós; se, dadas as devidas proporções eles não são mais íntegros, e sinceros do que nós.
INTEGRIDADE é ser "inteiro", totalmente envolvido com aquilo que realmente se deseja e se acredita ser o melhor a fazer.
SINCERIDADE é ser "sem cera", sem máscaras, sem disfarces.
Afinal, é melhor um porco que se assume porco, do que um pavão que quer ser uma pombinha.
É mais bonito ver uma ursa em toda a sua fúria, roubada de seus filhotes, do que um LOBO DISFARÇADO DE OVELHA!

Deus nos mostrou a Sua Compaixão. Um abraço a todos.

0 comentários :

Postar um comentário

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria