CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

CTO - CURSO GRATUITO DE TEOLOGIA ONLINE

FUNDO

O ALERTA DO GALO - BASTOS


            LUCAS 22: 54-62


  
    Antes de condenado e crucificado, Jesus passou por seis “julgamentos”,

Sendo três deles diante dos judeus e outros três diante das autoridades

Romanas. Os judeus não tinham o direito de aplicar a pena capital (Jo 18:31)

De modo que, a fim de crucificar Jesus, precisaram, levá-lo às autoridades

Romanas. Primeiro foram até Pilatos (Lc 23: 1-4) que tentou evitar uma

decisão encaminhando o prisioneiro a Herodes o qual, por sua vez, o

mandou de volta para Pilatos. Quando Pilatos se deu conta de que não lhe

restava outra saída senão tomar uma posição, deu aos membros do

Sinédrios o que pediram e condenaram Jesus a morrer numa cruz romana.


  Foi durante o segundo “julgamento”, diante de Caifás , que Pedro entrou

no pátio da casa do sumo sacerdote e negou Jesus três vezes. Como isto

aconteceu? 
Pedro não levou a sério as advertências de Jesus (MT26:33-35 e

Lc 22:31-34)  e também não”vigiou e orou” conforme Jesus o havia instruído

no jardim(Mc 14;37-38). Apesar de toda tua  coragem e zelo , o apostolo

estava absolutamente despreparado para os ataques de satanás , Jesus foi

levado para fora do jardim, e Pedro o seguia de longe ( Lc 22-54) Este foi

passo seguinte para tua derrota, Pedro não devia estar lá. As ovelhas

deveriam espalhar-se e, posteriormente, se encontrar com Jesus na Galiléia

( MT 26,31-32). 


Um alerta, quando Jesus foi preso, disse aos guardas:

Deixai ir estes (discípulos) (Jô 18.8-9) um sinal claro para que  não o

seguissem . Porem, Pedro não deu ouvido . Era uma noite fria e Pedro

aproximou-se do braseiro( Jô 18-18) e, em seguida  assentou-se com os

servos e guardas (Lc 22-55), ao assentar-se em território inimigo(Sl 1-1)

Pedro torno-se um alvo fácil . Uma das servas do sumo sacerdote abordou

Pedro , acusando-o de estar com Jesus e de ser um de seus discípulos.

Pedro   mentiu e disse: não sou discípulo dele, não o conheço. Afastou-se do

braseiro e foi até o alpendre. 

E o galo cantou pela primeira vez( Mc 14.68)

Isto já deveria ter servido de alerta para ele partir, mas o apostolo ficou por

lá.
Outra serva reparou em Pedro e disse aos que estavam por perto: este

homem também estava com Jesus ! é um deles! Pela segunda vez Pedro

mentiu e falou não conhecer Jesus. Um parente de Malcolm apareceu e

perguntou: não vi você no jardim com Jesus? Outros comentaram: com

certeza você é um deles, pois a sua maneira de falar o denuncia. A esta

altura,Pedro começou a praguejar  e jurou não conhecer Jesus.Então, o

Galo cantou novamente, e as palavras de Jesus se cumpriram(Mc14:30)

 Naquele instante quando estava sendo levado para o próximo “julgamento”

Jesus voltou-se para Pedro e o fitou.O olhar do mestre quebrantou o coração

 do apostolo  que aproveitou enquanto todos observavam Jesus, saiu 

chorando amargamente.Só precisou Jesus olhar para Pedro, a fim de levá-lo

ao arrependimento.

  
O canto do galo foi mais que um milagre que cumpriu as palavras de Jesus

também foi um alerta especial a Pedro para ajudá-lo a restaurar sua

comunhão com o Senhor.

   Como o galo alertou e encorajou a Pedro?


Primeiro, serviu para garantir que,mesmo sendo um prisioneiro, atado e

aparentemente indefeso diante de seus captores, Jesus Cristo continua no

controle de todas as coisas. Foi uma oportunidade para Pedro se lembrar das

ocasiões em que havia visto Jesus exercer sua autoridade sobre  os peixes,

  as ondas, e até a morte. Por mais sombria que fosse aquele momento para

  Pedro, Jesus ainda estava no controle de tudo.

    
Segundo, o canto do galo foi uma garantia a Pedro que ele podia ser

perdoado. O apostolo não prestou atenção á palavra de Deus, contestou e

desobedeceu, mas naquele instante se lembrou da palavra do Senhor

(Lc 22;61). Esta lembrança deu-lhe esperança. A palavra de advertência

também foi uma promessa de restauração! Pedro saiu convertido e

fortaleceria seus irmãos(Lc 22-32).


   Por fim, o alerta do galo mostrou a Pedro que um novo dia começava.Não

era um novo dia para Judas e nem para os inimigos de Jesus , porem um

recomeço para Pedro, que se arrependeu e chorou amargamente. “Coração”

compungido  e contrito, não o desprezarás ó Deus(Sl 51-17).


  Em alguns momentos de nossas vidas acabaremos por falhar com o

Senhor, e então de uma forma ou de outra, ouviremos o alerta do galo,

Satanás dirá que não há mais esperança, não foi o fim para Pedro! Sua

restauração foi tão completa que pôde dizer aos judeus:” vos porem

negaste o Santo e justo”(At. 3;14) ele não tinha o texto de  1º João 1-9

Para ler, mas sem duvidas experimentou a verdade desta palavra no

Próprio coração.   

   Que os cristãos contemporâneos, possam ser guiados pelo  Espírito Santo

 de Deus , assim como foram os da igreja primitiva.

Shalon!








Um comentário :

  1. Excelente mensagem enviada por nosso querido irmão Bastos.
    Que assim como para Pedro começou um novo dia, uma nova fase em sua vida marcada pelo arrependimento, também nos arrependamos este ainda este ano, lembrando-nos que o olhar do Senhor está fito em nós.
    Comecemos 2012 com o quebrantamento necessário para trasnformação.

    ResponderExcluir

OBSERVAÇÃO:
NEM TODAS AS POSTAGENS TRADUZEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO SITE MATÉRIAS DE TEOLOGIA

Soli Deo Gloria